recent posts

banner image

FCJA lança ‘Gente de Casa’, na passagem do aniversário de José Américo de Almeida



A Fundação Casa de José Américo lança, no próximo domingo (10), em formato digital, a galeria artística “Gente de Casa”, com telas a óleo pintadas pelo artista plástico Tônio, retratando perfis de personalidades envolvidas no universo literário, político e pessoal do patrono da casa, que estaria completando 134 anos.

A intenção da instituição é ampliar as possibilidades de estudos das diversas vertentes culturais da Paraíba, tendo a vida e obra do escritor como epicentro documental e histórico, reforçado pela ótica privilegiada dos que conviveram ou estudaram o romancista e homem público.

“Pretendemos restabelecer as conexões que o legado de Zé Américo proporciona, ampliando o olhar contemporâneo sobre outras pessoas, ambientes e circunstâncias, permitindo um entendimento dos cenários que levaram a Paraíba, tão miúda geográfica e economicamente, a ser tão agigantada, pulsante e respeitada na história do país, com um protagonismo graúdo, cuja façanha é vista de forma displicente pelas atuais gerações. Queremos lembrar o que foi feito, fazendo de outro jeito. A pretensão é conhecer, valorizar e difundir os valores conterrâneos, como fizeram os construtores dessa herança cultural, que muito é devida ao ambiente literário plantado e cultivado pelo autor de ‘A Bagaceira’”, argumenta o presidente da instituição, o jornalista Fernando Moura.

A primeira tela a ser adicionada à galeria virtual será da escritora, ex-secretária e confidente de José Américo, Lourdes Luna, que o acompanhou por 17 anos, contribuindo, até 2018, quando faleceu, a configurar a própria Fundação, sonho acalentado por ela desde a ascensão do memorialista à Academia Brasileira de Letras, em 1967. Beneficiada com o acolhimento da biblioteca, correspondências e documentos do arquivo pessoal da ex-servidora, a instituição decidiu acelerar os processos de catalogação e análise do precioso acervo, fazendo o cruzamento com o vasto e historicamente inigualável arquivo do próprio José Américo, sob guarda da Casa e disponível a pesquisas, internas e externas. O resultado do trabalho, previsto para 2022, será reunido em publicação com roupagem didática.

Na sequência do “Gente de Casa”, em fevereiro será anexada a tela do escritor Wills Leal, falecido em maio do ano passado, aos 83 anos, cuja biblioteca e eclética documentação foi doada pela família à FCJA, passando a compor um novo ambiente de estudos sobre temáticas essencialmente paraibanas.

Personalidades ainda em atividade, como Gonzaga Rodrigues, José Octávio de Arruda Melo, Ângela Bezerra de Castro e Neroaldo Pontes também vão compor a galeria de notáveis, a exemplo de Celso Mariz, Juarez da Gama Batista, Virginius da Gama e Melo, Linduarte Noronha, Severino Ramos e Hélio Zenaide, assíduos interlocutores da privilegiada varanda da avenida Cabo Branco, 3336.

A ação faz parte do cronograma de comemorações dos 40 anos da Fundação, ocorrido em 10 de dezembro de 2020.

FCJA lança ‘Gente de Casa’, na passagem do aniversário de José Américo de Almeida FCJA lança ‘Gente de Casa’, na passagem do aniversário de José Américo de Almeida Reviewed by Marcone Campos on 03:41 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.